Procurar... Menu
Paris Sempre Paris

Você conhece a história das famosas janelas falsas de Paris?

23 de fevereiro de 2018

Por Rogerio Moreira

Clique nas fotos para ampliar

A capital da França, assim como todas as grandes cidades ao redor do mundo possui suas curiosidades e peculiaridades. Além da Torre Eiffel, Museu do Louvre, Catedral de Notre Dame e uma infinidade de atrações, Paris mantém uma história bem interessante que nos remete ao ano de 1798.

Neste ano, já no final da revolução Francesa, foi promulgada na França uma lei que vinculava o número de janelas de um imóvel ao imposto a ser pago por cada família (uma espécie de IPTU). Iniciou-se aí, uma corrida para tapar as janelas que por questão de estética, foram substituídas por pinturas realistas pintadas à mão. Afinal a população mais pobre não tinha condições de arcar com as altas taxas cobradas.

O edifício da foto acima fica perto do Centro Pompidou, na esquina das ruas Quincampoix e Aubry le Boucher.

As famílias com melhores condições mantiveram apenas algumas janelas essenciais, já as mais pobres, muitas vezes tapavam todas as janelas da casa.

Ainda hoje, em alguns bairros mais antigos, em Paris e em outras cidades da França é possível ver cães, gatos e até pessoas olhando pela janela, já que as pinturas são bem realistas e se você não prestar atenção pensará que são reais.

Em consequência desta lei, milhares de apartamentos se tornaram ambientes inadequados para se viver, sem circulação de ar e totalmente insalubres. Para se ter uma ideia, alguns imóveis possuíam somente uma porta e nenhuma janela.

A medida se tornou um problema de saúde pública e inclusive foi citada no livro de Victor HugoOs Miseráveis” através de um dos personagens, o Bispo Myriel: “…as habitações dos camponeses possuem somente uma abertura: a porta. Isto por causa desta medida que se chama Imposto das Portas e Janelas. Coloquem famílias pobres, mulheres idosas, crianças, nestas habitações e teremos febres e doenças. Deus dá o ar aos homens, a lei os vende”.

Este imposto vigorou por 128 anos, sendo extinto apenas em 1926.

Veja nosso álbum com mais fotos de fachadas falsas

Quer visitar o endereço citado neste post? Confira:

GOSTOU DESTE POST? COMENTE E COMPARTILHE. ISSO NOS AJUDA A MELHORAR NOSSO TRABALHO PARA VOCÊ!

Para relatar um erro, envie uma mensagem para redacao@parissempreparis.com.br

Siga-nos em nossos outros canais:
Facebook ParisSempreParis
Instagram @ParisSempreParis
Twitter @Sempre_Paris
Pinterest ParisSempreParis
YouTube ParisSempreParis

As melhores opções de Voos para Paris, você encontra AQUI