Procurar... Menu
Paris Sempre Paris

8 atrações imperdíveis para seu roteiro a pé em Montmartre

7 de maio de 2017

Montmartre está situada ao norte de Paris, no 18 eme, no topo da colina de Montmartre, que é o ponto mais alto da cidade (130m). O bairro foi, por muito tempo, uma aldeia afastada da área central de Paris e apenas em 1860 ela foi definitivamente incorporada à cidade.

Este é um bairro boêmio, com seu roteiro gastronômico e cultural muito charmoso e suas ruas estreitas, repletas de escadas e carregadas de história e arte. É um dos pontos turísticos mais populares de Paris e recebe milhões de visitantes todos os anos.

Nos séculos XIX e XX, serviu de moradia para vários pintores, entre eles: Picasso, Modigliani, Toulouse-Lautrec, Renoir, Van Gogh e Gauguin e escritores como Balzac, Emile Zola, Boudelaire, Max Jacob e Apollinaire, para citar os mais conhecidos.

Sem dúvida, existe uma infinidade de atrações neste bairro e seria impossível visitar todas no mesmo dia. Nem falo aqui da Sacré-Cœur, por exemplo (que pelo seu porte e importância, é a atração que mais chama a atenção no bairro)

Neste artigo, listamos 8 atrações interessantíssimas, principalmente para quem tem um tempo curto para o passeio. Vamos a elas: (clique nas imagens para ampliar)

1 – Moulin Rouge

O Moulin Rouge é o mais famoso cabaré de Paris e de toda a Europa, fica no Boulevard de Clichy. Saindo da estação de metrô Blanche, você estará a poucos metros deste endereço, que há mais de cem anos é lugar de “visita obrigatória” para milhões de turistas de todo o mundo, imortalizado pelas pinturas de Toulouse-Lautrec e pelo filme “Moulin Rouge” (2001), com Nicole Kidman.

2 – Tomar um café esperando Amélie

Não resistí e fui conhecer “o café da Amélie”…

Se você é fã do filme “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, o Café des 2 Moulins fica bem perto do Moulin Rouge. Neste café se passa grande parte das cenas do filme. Vale a pena visitar o espaço, que se mantém quase igual ao cenário do filme (a tabacaria foi removida), tomar um café ou quebrar a cobertura crocante do Crème Brûlée, sobremesa preferida da personagem.

Realmente o Crème Brûlée é divino.

Onde fica: 15, Rue Lepic

Outra curiosidade desta rua é que alí, Van Gogh morou no número 54, de 1886 a 1888, como hóspede de seu irmão Théo (mas isso é história para um post exclusivo).

3. Aprender a dizer EU TE AMO em mais de 300 idiomas

Neste incrível muro, se encontra o painel “JE T’AIME” com suas 311 formas diferentes de dizer “Eu te amo”. A ideia foi de Frédéric Baron, que em 2000, começou pedindo para amigos e vizinhos escreverem “Eu te amo” no seu idioma materno. Ele conseguiu juntar 3 grandes pastas com “Eu te amo” escrito mais de 1.000 vezes em 300 línguas diferentes. Com a ajuda de Claire Kito, artista que fez a caligrafia dos escritos imitando as originais, e de Daniel Boulogne, especialista em muros pintados, surgiu o “Mur des je t’aimes”, feito em azulejos azuis ocupando uma área de 40m².
Endereço: Praça Jehan Rictus (o nome da praça é o pseudônimo do poeta Gabriel Randon, amigo do pintor Gauguin), encostada a Place des Abbessess.
Site: www.lesjetaime.com

4 – Estação do Metrô Abbesses (em estilo Arte Nouveau)

Já que você está na Place des Abbesses para ver o muro “Mur des je t’aimes”, aproveite e visite uma das mais famosas estações de Metrô da cidade. A estação Abbesses, também cenário do filme “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, fica exatamente nesta praça. Famosa pelo portal vintage e a placa “Metropolitain” no melhor estilo Art Nouveau, a entrada da estação é assinada pelo arquiteto Hector Guimard e é toda em estilo Art Nouveau (uma das únicas que ainda restam na cidade), além disso, Abbeses é a mais profunda de todas as estações de metrô da cidade. Suas plataformas estão a 36 metros abaixo do nível da rua.

Leia nosso artigo sobre a estação Abbesses

5 – Vinhedo de Montmartre

Na parte alta do bairro, com acesso pelo Museu de Montmartre, existe o Vinhedo Clos de Montmartre, um jardim de 1.556 m² que produz uma safra limitada de garrafas de vinho ao ano e justamente por isso, cada unidade sai em torno de € 40. A venda é toda revertida para obras de caridade.

No primeiro domingo de outubro é celebrado a Festa da Colheita, com muitos vinhos, danças, desfiles, bailes, show pirotécnico e muita comida.
O vinhedo fica na esquina das ruas Saint Vincent e des Saules, perto da Sacré-Cœur. Aliás, você sabia que a palavra “Clos” denomina um vinhedo que é cercado por muros? – sim, porque a maioria dos vinhedos não tem cercas ou divisórias.

Leia nosso artigo sobre o vinhedo Clos de Montmartre

6 – Museu Salvador Dalí

Situado no coração de Montmartre, o Espaço Dalí apresenta uma exposição permanente na qual são exibidas algumas obras do mestre do surrealismo Salvador Dalí, dando especial atenção às suas esculturas e gravuras. São mais de 300 trabalhos do pintor e escultor espanhol, entre as quais se destacam especialmente as esculturas das imagens mais surrealistas do artista, tais como “Elefante espacial” ou os “Relógios brandos”.
Onde fica: Rue Poulbot 11
Site: daliparis.com

7 – Place du Tertre

Perto do Sacré-Cœur está a famosa Place du Tertre, conhecida por ser frequentada por pintores de quadros e de caricaturas. Porém, para os artistas conseguirem um lugar alí não é fácil: são menos de 150 lugares de 1m². Cada um deles é usado por até dois artistas, que se revezam durante a semana. Uma curiosidade é que somente quatro estilos de arte são aceitos: os retratos, as caricaturas, as siluetas e as paisagens.
Nesta praça existem também vários restaurantes que geralmente estão lotados de turistas, mas vale uma parada em um deles para comer um Crepe ou tomar um café.

Leia nosso artigo sobre a Place du Tertre

8 – O Homem que atravessa o Muro

Descendo a rue Norvins,você chegará na praça Marcel Aymé, que foi um escritor e dramaturgo francês. Nessa praça você verá uma escultura de um homem atravessando o muro, homenagem à sua obra mais famosa, Le Passe Muraille.]]

Leia nosso artigo sobre Marcel Aymé

Onde fica: Rue Norvins, Place Marcel Aymé

E para você? Qual é a atração imperdível em Montmartre? Compartilhe conosco nos comentários!

GOSTOU DESTE POST? COMENTE E COMPARTILHE. ISSO NOS AJUDA A MELHORAR NOSSO TRABALHO PARA VOCÊ!

Para relatar um erro, envie uma mensagem para redacao@parissempreparis.com.br

Siga-nos em nossos outros canais:
Facebook ParisSempreParis
Instagram @ParisSempreParis
Twitter @Sempre_Paris
Pinterest ParisSempreParis
YouTube ParisSempreParis

As melhores opções de Voos para Paris, você encontra AQUI